Sucesso na utilização do GoalControl-4D no Brasil

Conclusão positiva da FIFA e da GoalControl sobre a utilização da tecnologia da linha de golo no Campeonato do Mundo de Futebol da FIFA em 2014™

A Federação Internacional de Futebol, FIFA, está extremamente satisfeita com a utilização da tecnologia da linha de golo (GLT), tendo feito um balanço bastante positivo, duas semanas após o fim do campeonato. Com o sistema GoalControl-4D baseado em câmaras, esta tecnologia comemorou uma excelente estreia no Campeonato do Mundo de Futebol da FIFA™. A GLT foi utilizada com sucesso em todos os 64 jogos do Campeonato do Mundo de Futebol da FIFA no Brasil em 2014™.

A prova de fogo foi no jogo entre a França e as Honduras, quando o árbitro decidiu aceitar o golo, graças à ajuda desta tecnologia. Além disso, esta tecnologia prestou assistência aos árbitros noutras situações controversas, especialmente com o golo de Bryan Ruiz da Costa Rica contra a Itália, que trouxe à memória o pontapé de Frank Lampard em 2010. A GLT também foi utilizada para prolongamentos e marcação de penalidades, tendo registado a grande penalidade do defensa holandês Ron Vlaar nas meias-finais contra a Argentina. Se o remate de Vlaar tivesse atravessado a linha, o sistema teria indicado o golo ao árbitro, mesmo que isso acabasse por ser irrelevante, dado que o remate já estava completo quando a bola rolou do ombro do jogador para a linha, após o guarda-redes ter evitado o golo.

Os espetadores nos estádios e pela televisão também puderam usufruir dos benefícios desta tecnologia. As cenas controversas foram repetidas e resolvidas com "golo" ou "não golo". No total, foram esclarecidos com a mesma clareza outros sete incidentes críticos.

Dirk Broichhausen, diretor executivo da GoalControl GmbH, sobre a utilização com sucesso desta tecnologia: "O facto de termos conseguido provar a capacidade, a fiabilidade e o valor acrescentado do nosso sistema ao serviço dos árbitros e dos espetadores em, pelo menos, 10 situações, aproximou o mundo dos benefícios desta tecnologia e convenceu muitas pessoas. Isso foi comprovado pelas reações e pedidos internacionais incrivelmente numerosos durante e após o Campeonato do Mundo de Futebol da FIFA no Brasil em 2014™. Tenho orgulho da equipa que fez um ótimo trabalho no Brasil durante vários meses e, mais uma vez, agradeço aos representantes da FIFA pela confiança que depositaram na GoalControl."

Para a GoalControl, avizinham-se agora meses empolgantes, pois serão decididos muitos projetos. "Estamos a fazer tudo o que está ao nosso alcance para dar continuidade ao sucesso do Campeonato do Mundo noutros campeonatos e Ligas. Como a Alemanha é campeã mundial de futebol, a GoalControl é o sistema do país do campeão mundial. O produto "Made in Germany" foi, mais uma vez, capaz de convencer e representa o futuro", diz Broichhausen.

Datenschutz Diese Webseite verwendet Cookies. Durch die Nutzung der Webseite stimmen Sie der Verwendung von Cookies zu.